❛❛ W H Ɛ N≀T H Ɛ ♔、K ι ſ ſ ε r bεcomεs。 Rιrι❢Kαru

theskeleton-of-innocence:

                                                      [  I’m your god ♆ ]      

Foi rápido o suficiente para ter que escapar sem deixar nenhuma mera mancha para trás? Foi rápido o suficiente para que aquele maldito pedido fosse parar de perseguir? Não conseguia mais decifrar o quão satisfeito estava por ter realizado finalmente aquilo e ter se livrado de uma obrigação de um Deus, porém, com desejos e atos que serviram demoníacas.  

Afinal, quem iria se importar com aquela pessoa mesmo? Suspirou em vão e, apenas tentou guardar sua espada quando uma voz infantil veio intervir seus pensamentos, fazendo com que o moreno fosse olhar para trás totalmente satisfeito, será que sua noite iria começar? Novas guerras? Um entretenimento antes de voltar para sua casa? Só poderia ser, o sorriso escapou dos lábios antes de passar levemente a língua sobre eles. 

image

❝ Hm? Então uma nova pessoa? Tomara que seja mais durona do que esse daqui ❞.  Comentou antes de virar o rosto totalmente para trás, visualizando uma pequena imagem de uma garota parada e hesitando porém bem armada. ❝ Só uma pirralha? Que pena, pensei que fosse algo mais amedrontador ❞. Declarou quando levantava aquela arma para perto dos ombros onde jogou a cabeça de lado para que fosse demonstrar desanimo pela aparição dessa. 

❝ Escute, não tenho tempo para brincar de casinha. Vim tratar de assuntos e pedidos, meu trabalho finaliza por aqui ❞.  Disse enquanto pegava a mesma ferramenta para se referir ao corpo totalmente ensaguentado no chão.  

image

   ❝ Mas espero que ela não seja tão importante para você, vai desaparecer em breve como foi um trabalho meu .  E desse modo, o rapaz apenas deu as costas carregando totalmente atento para qualquer reação da jovem ali, ela tinha uma aura incomum e também poderes. Quem poderia ser? Esse não era o ponto, apenas finalizou o que tinha para fazer e deu as costas, não iria parecer ou permanecer ali por mais tempo. Seria uma p e r d a  d e  t e m p o ao menos que ela ousasse enfrentar a dolorosa morte.

image

             ◞✿:ᘘ  A chuva incomodava, porém não atrapalhava sua visão. Seus orbes violetas brilhavam intensamente, aquele brilho tão misterioso de um youkai, pouco antes de ter aterrissado no chão. O sangue derramado nos jardins verdes do prédio. Tal crueldade. Arrancar a cabeça de seu inimigo daquela forma. Em meras matanças crueldade, essa era uma palavra na qual não existia. Era apenas mais piada aos ouvidos se assassinos e estupradores, depois de um dia de trabalho.

             Os longos cabelos escuros pesavam quando molhados, assim como sua roupa. Se não fosse pela saia vermelha curta e aberta do lado, sem sua máscara Hannya em frente, sem mencionar sua Naginata, os dois chifres, um de lado lado de sua cabeça, e o enorme cachecol enrolado em seus pescoço indo até o chão, talvez poderia ser confundida com uma sacerdotisa de algum tempo. 

             O olhar ainda estava focado no homem de pé pouco mais do que dez metros a sua frente. Como ninguém do prédio ainda havia notado aquele ar ainda?  ❝ Hmph! Devia olhar seu tamanho e seu cheiro imundo antes de falar algo. ❞ respondeu segurando sua arma firmemente em uma das mãos, quanto a ponta descansava sobre o chão. Sabia que aquela não era uma resposta a altura, mas, como poderia─? Havia alguém morto no jardim de sua casa. 

image

             ❝ Devo me desculpar em desaponta-lo? Seu trabalho aqui ainda não acabou. ❞ Afinal, ele iria simplesmente virar as costas e ir embora? Parecia que sim, já havia conhecido alguém daquele temperamento antes. Tão frio e arrogante quando aquela raposa maldita. Tomoe. Já havia tempos em que não se ouvia falar daquele ser repugnante. Mas não era hora para memórias dolorosas ou irritadiças de seu passado com sangues-puros. Seu inimigo estava em sua frente. Ainda poderia ter alguma carta na manga. Havia os outros moradores de Ayakashi. Ao menos assim esperava que Karuta corresse para dizer a alguém sobre o homem lá fora. 

             ❝ Quem é você e porque matou esta mulher em minha casa? ❞

image

kindheartedfallen:

      ~{☯}~  A chief huh? He could see that as being a rather good and easy job. He did go and learn how to cook quite a lot of different foods after all so it wouldn’t be that hard. No that was never the issue for him when it came to a job. It as more along the lines that angels would try to act human and they could find him that way. But being a chief? He would be out of sight so it could work. “I’m not violent by nature you know. I wouldn’t cause damage at all unless someone started something with me first. So the idea of being a chief isn’t all that bad.”

image

                          ❛✿∙∙∙﹅ ❝ I know. ❞ Quick and simple, this was her reply. She would give all the necessary support for him if he could get a good job in a city restaurant. At least he would have money to buy his own stuff and pay a little building services. After all, Shirakiin was paying some of his stuff since when had moved, even bought his room. ❝ Find some restaurant that they might need or like. I can put you in the kitchen quickly. ❞ Anyway, the Ririchiyo’s family was wealthy and respected for that, almost even feared. It was obvious that the second option would see to it that he was a secret service agent of Ayakashi Kan.

❛Whαt I’m dσιng◞ hεrεໃ │ OPEN

little-doll-rose:

                    ❛ Uma porção de vapor começou subir devagar até fosse se alastrar por todo o banheiro da menina que por um acaso ainda desconhecia, porém, estar longe dos quadros e das paredes do lugar recentemente onde havia caído talvez fosse uma boa escolha para pensar e acalmar os sentidos, precisava aproveitar apenas os instantes de paz que havia conseguido. 

O corpo minúsculo, totalmente alvo desde a cabeça até os pés, sem nenhuma mancha ou sem nenhum machucado enquanto seu amigo Garry, continuava ainda com seu lenço em sua mão, um pouco machucada pelo esqueiro depois de ter colocado fogo no quadro de Mary - pensar em tudo aquilo deixava-lhe aos prantos, o coração palpitava pensando no que poderia ter acontecido com o rapaz depois de terem se separado novamente

O reflexo no espelho comentava muito bem a forma de como a morena estava com o solto, em sua frente, os fios escondiam seu rosto delicado como de uma boneca. Seu único ato foi levantar uma das mãos para levar onde uma porção das mechas do cabelo escondiam o rosto abonecado, e em seguida, pôs-se colocar-lós atrás da orelha junto da metade da franja em tons castanho escuro como seu cabelo.

O reflexo também refletia muito bem o corpo de uma jovem que estava em desenvolvimento, suas curvas e até a maneira como andava em direção da pia, pegando os produtos e os separando para primeiro lavar seu cabelo longo e depois o corpo, não demorou muito para que a menor fosse voltar para a banheira onde deixou ambos para fora enquanto tomava seu banho tranquilamente, relaxava e ao mesmo tempo ensaboava e lavava seu corpo como seu cabelo com um toque preguiçoso e falta de capacidade também, estava bem cansada apesar de tudo.

image

Para acabar tudo de uma vez, levantou da banheira e ligou o chuveiro no modo quente para fazer ás coisas mais rápidas como enxugar seu corpo em seguida, passar algum creme e pentear os fios longos com sua demora imensa e também aquela preguiça noturna que havia que não se arrependia pois do tempo que passou presa parece que não dormia fazia dias ou não descansava também, não era modo de julgar que fosse se sentir assim. 

Enfim, fez tudo isso antes de passar as roupas íntimas primeiro, elas tinham um detalhe de seda que davam um ar gracioso, sorriu em conta disso antes de declarar. ───── Falta pouquinho agora para eu depois ir descansar! ───── Modelou ainda mais o sorriso com o ar de sono que ainda havia, estava num ponto de falar coisas sem sentido. 

Pegou uma blusa de lã da menina que tinha uma coloração totalmente azul, ela era bem grande, não precisava de uma calça ou um short para dormir, aquilo seria o suficiente. Mas, quando destrancou a porta e viu tudo arrumado, cheia de guloseimas que a mais velha teria lhe feito soltou um grande: ───── A-Ahh! ─────  E assim coroou de forma violenta, não pensava que a jovem seria tão cuidadosa consigo

image

             ◞✿:ᘘ  As primeiras e pesadas gotas de chuva batiam na janela do quarto andar, daquele prédio luxuoso do alto de uma pequena colina. As nuvens sobre a cidade eram tão escuras e densas que não havia estrelas, não poderia sentir o brilho gracioso da lua. Apenas os brilhos e os barulhos no horizonte de raios e relâmpagos podiam ser ouvidos. A chuva assim como o inverno, haviam chegado. ❝  Hm? 

             A pequena oni se dirigiu até a janela, para poder observar o vasto jardim do prédio, pondo a cortina branca de lado, a janela já estava completamente cheia de respingos grossos de chuva, e no jardim, podia apenas observar os postes de luzes e o chão molhado, junto com as árvores balançando fortemente com o vento. ❝ Espero que isso não me atrapalhe amanhã… ❞ Ela havia aula amanhã, e teria de ajudar uma pobre menina a reencontrar os pais. Havia de ter ajuda de Miketsukami para leva-las ao museu. Ou até mesmo ir a polícia para informar uma garota desaparecida. 

             Afastando-se da janela, a jovem youkai caminhou até o a mesa de chão, sentando-se em uma das almofadas azul celeste, ligando assim, a tv de seu quarto pelo controle remoto. Programas de madrugada eram realmente uma droga. Era noticias e mais noticias, ou desenhos estúpidos que Shirakiin não entendia a lógica deles. Se estavam tentando manter as crianças retardadas, eles estavam conseguindo isso muito bem. Ao menor com a tv ligada, era um barulho a mais, quando a menina saísse do banho. Saberia que iria haver um longo silêncio entre ambas. Afinal ela não era de falar muito. 

             Já havia passado algum tempo, longos minutos que mais pareciam horas paradas na eternidade vendo aqueles programas com uma afeição, não muito amigável. Estava entediada e até mesmo preocupada com a garota. ❝ Ib…? ❞ Era um nome um tanto quanto diferente, possuir apenas duas letras. Ou era apenas um apelido? Talvez fosse mais fácil para a polícia achar em registros de nascimento ou algo parecido. Qualquer informação para ajudar ambas. 

             Levantando-se de novo, caminhando novamente em direção a gaiola negra de seu pássaro, um um pouco de pão em mãos. ❝ Aqui, Murai. ❞ disse, pondo a comida no pequeno prato do pássaro negro e afastando-o da janela, cobrindo com uma toalha de cor escura, para manter um pouco aquecido, mas ainda deixando aberto para que ele pudesse respirar. Ao termino disto, a porta do banheiro havia se aberto e o quarto havia um leve vapor quando a menina, havia aberto a porta. 

             Olhando para ela agora, tão vermelha quanto sangue, Shirakiin deduziu ser estar no banho muito tempo. Como perguntar se ela estava bem? Caminhando próximo a menina, a jovem youkai colocou ambas as mãos sobre os joelhos, abaixando-se um pouco. ❝ Aconteceu alguma coisa? 

yukine-noragami:

image        ”Are you talking to me..?”

                          ❛✿∙∙∙﹅ Vaguely the violet orbs directed towards the blond boy, who had called attention to the talk. , who had called attention to the talk. Watanuki ─? The petite girl haven’t seen him in long months, almost a year. ❝ Oh ─ is you, Raccoon? There’s something dead in your clothes or is your natural smell? ❞

image

loyal-fox-inblack ;  
(ooc: You're the best Ririchiyo-sama I've ever roleplayed with. You portray her amazingly and being your Soushi makes me the happiest guy ever.)
How's my portrayal? Leave an opinion in my inbox.

image

                          ❛✿∙∙∙﹅  ❝ Nobody home, huh?❞ 

Apr 23 · 1 day ago
· !ic

How’s my portrayal? Leave an opinion in my inbox.